domingo, 4 de maio de 2008

Engenheiros de Obra Pronta *

Você já deve estar pensando quando leu o título dessa mensagem, “Engenheiro de Obra Pronta”; quem é esse sujeito?Onde será que o autor dessas palavras quer chegar?Porque se refere a Engenheiro de Obra Pronta?Veja que já repeti duas vezes o título dessa mensagem.Bem! O que faz um engenheiro?O Engenheiro é o indicado juridicamente para dirigir uma determinada construção, e juntamente com o Arquiteto, Calculista etc, contabilizar toda a quantidade de material, condição do solo, seguir a risca o que diz a planta, acompanhar passo a passo a construção e com sua habilidade prover que essa obra não venha por em perigo as pessoas que usufruirão futuramente dela. Todos os defeitos advindo dessa construção, será imputada ao Engenheiro, ele é o responsável se no futuro houver um desabamento ou mesmo trincas e coisas que possam surgir por mau administração desse profissional. Agora quem é esse, o Engenheiro de Obra Pronta , será que ele existe?Posso lhe garantir que há mais esse tipo de Engenheiro do que os verdadeiros profissionais.O camarada mencionado nessa mensagem pode até ser quem está lendo neste momento, você vai descobrir se você é um deles. Sabe aquelas pessoas que põe defeito em tudo, aqueles que sempre vivem dizendo, se fosse eu faria diferente. Essas pessoas quase sempre não moveram uma palha para que aquela obra se realizasse.Construí um templo com capacidade para mil e duzentas pessoas, havia no local um templo antigo, mas fui derrubando paredes antigas e ao cabo de alguns anos tudo era novo e com triplicada capacidade, a região onde este templo foi construído é uma das áreas mais carente de minha cidade, logicamente as ofertas são proporcional ao nível dos moradores.Depois de tudo praticamente pronto, fui surpreendido por pessoas dizendo assim:Por que o senhor não fez de outra forma?Se eu fosse o senhor não teria colocado aquela pilastra ali.Não acha que deveria ser de outra cor.Não teria um piso melhor?
Enfim inúmeras pessoas me faziam estas perguntas que indiretamente queriam criticar o trabalho que foi feito com a maior dificuldade financeira.E você já entrou na casa de algum amigo e deu seus palpites dizendo:Porque você não fez o quarto maior?O banheiro é muito pequeno!Se fosse eu não colocaria essa cerâmica, etc.Tenho um programa de rádio a mais de 10 anos numa rádio local, antes desse meu programa entrar no ar, havia um outro dirigido por uma mulher que gritava tanto e repetia mil vezes Aleluia, cada duas palavras, ela dizia Aleluia.Um certo dia fui interpelado por um ouvinte evangélico acerca do programa da dita cuja, ele dizia que aquele programa era muito ruim e que ela usava de forma errada oportuguês, enfim ele criticou o tempo todo.Então após toda aquela crítica, virei para ele e lhe disse:O seu programa de rádio é melhor do que o dela?Ele me respondeu que nunca conseguiu ter um programa radiofônico, então botei a mão em suas costas e falei, você é engenheiro de obra pronta, ela realmente não tinha muita noção, mas gastava todos os seus recursos para propagar o Evangelho.Você é daqueles que quando seu pastor prega uma mensagem, terminando o culto, você se vira para o irmão ao seu lado e diz que se eu fosse o pastor eu pregaria melhor, ou você viu que o pastor falou?Aquilo não se deve falar num púlpito, viu como ele pede dinheiro?Ah! Se fosse pastor não seria assim!Ouvi uma frase esses dias que dizia o seguinte: “Existem dois tipos de pessoas; as que fazem e as que criticam, e entre esses dois tipos sempre vai haver discordância. “Mas eu, Pr. Valdir, prefiro os que FAZEM !
Eu não quero ser Engenheiro de Obra Pronta, e você?

Reverendo Valdir Facioni
Pastor da IEQ Sede em Pernambuco
Presidente do Conselho Estadual de Diretores
Vereador da Cidade do Recife
* Texto publicado inicialmente em seu blog: http://www.valdir.quadrangular.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho