domingo, 18 de maio de 2008

VOCÊ AINDA ACREDITA NA ESCOLA BÍBLICA?

Muitos que chegam a Escola Bíblica em alguma igreja hoje não conhecem a sua história. A Escola bíblica tem raízes na Igreja Primitiva, mais que isso, tem seus fundamentos na formação do povo de Deus do Antigo Testamento (Israel).
É senso comum que a forma da Escola Bíblica que conhecemos hoje teve início com Robert Raikes, em Gloucester, Inglaterra, em 1780. No Brasil, conforme Antônio Gilberto (A Escola Dominical), ela chegou por volta de 1855. Estamos diante de uma instituição bicentenária.
Muitos têm questionado o real valor da Escola Bíblica. Principalmente diante da febre dos últimos anos com os métodos de crescimento de igreja (igreja em célula, multiministério, rede ministerial, igreja dirigida por propósitos). Cagliardi Junior (Você Acredita em Escola Dominical?) lembra que alguns a consideram antiquada, obsoleta e ultrapassada. Lécio Dornas, que trabalha com Escola Bíblica há três décadas, diz que “em virtude da influência modernista que atinge a sociedade em geral... muitas tentativas de reformulação, recriação, renovação e mesmo até encerramento da presença e continuidade da EBD nas igrejas evangélicas têm sido pesquisadas.” (A Nova EBD... A EBD de Sempre) [grifo meu]
Diante da sua história de êxito (no passado representou grande ferramenta de crescimento da igreja) e dos questionamentos da sua validade atual, fazemos a pergunta: VOCÊ AINDA ACREDITA NA ESCOLA BÍBLICA?
Participe! VOTE NA ENQUETE AO LADO E ENRIQUEÇA DEIXANDO SEU COMENTÁRIO NESSA POSTAGEM.
Qual a importância da Escola Bíblica? Ela ainda pode ajudar no crescimento da igreja? Deve ser substituída por outra forma de culto?
Celson Coêlho
Diretor DEBQ-PE
Moderador do Blog

8 comentários:

Roberto disse...

sim, acredito e muito, pois é na escola domonical é que o aluno aprende mais da palavra de Deus, onde o aluno pode perguntar e tirar dúvidas com o professor e o professor não só ensina mais também aprende com o aluno, há uma interação muito boa. portanto participem!

Roberto Câmara - Recife-PE

Gutierres Siqueira, 19 anos disse...

Celson Coêlho, a paz do Senhor.

Agradeço pela visita e pelo comentário, que assino em baixo. Continue nos visitando.

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

EBQRECIFE disse...

Olá Roberto Câmara,

Essa interação falada por você deve ser o fio condutor da Escola Bíblica. Com participação ativa dos alunos no processo de aprendizagem, teremos cristãos e cidadãos mais conscientes de sua posição no Reino e na sociedade.
Que Deus continue nos abençoando em nossa tarefa de ensinar sua Palavra.
Um abraço Roberto e muito obrigado por sua participação ativa e constante como professor em nossa igreja.

Paz!

Celson Coêlho

EBQRECIFE disse...

Olá Gutierres,
Obrigado por sua visita em nosso blog, que Deus continua te abençoando.

Paz!

Celson Coêlho

JOSIANE disse...

...CLARO QUE SIM, ALÉM DE SER O ÚNICO CULTO VOLTADO REALMNETE AO ENSINO DA PALAVRA COMO UM TODO, É UMA GRANDE OPORTUNIDADE PARA TIRAR DÚVIDAS DOS ALUNOS E NÓS PROFESSORES TAMBÉM APRENDE-MOS COM ELES...A TODOS A PAZ !!! E UMA SEMANA ABENÇOADA...GRANDE ABRAÇOS A TODOS OS ADOLESCENTES(EM ESPECIAL) jOSIANE lIMA

Jane - IEQ sede disse...

Claro que sim!!! Pois é na Escola Bíblica que aprendemos mais sobre a palavra de Deus e podemos interagir com os alunos, ensinando e aprendendo com eles, não só sobre a palavra, mas sobretudo sobre a vida. No meu caso, como minha classe é de senhoras, trocamos muitas experiências de vida e isso nos edifica muito. O meu desejo é que o Senhor continue nos abençoando para que tenhamos sempre esta oportunidade de estarmos aprendendo mais da sua palavra!

EBQRECIFE disse...

Olá Josi,

Você engrossa as fileiras dos que ainda acreditam na Escola Bíblica.
A Escola Bíblica concede ao irmão que faz parte de uma determinada classe o crescimento pela interação. Temos aqui o diálogo que não é possível em um culto normal, devido a sua liturgia. Durante a pregação não é possível que o aluno interrompa o pregador para tirar dúvidas ou acrescentar sua visão. Essa troca de conhecimento/experiência é possível na ESTRUTURA da Escola Bíblica.
Sabemos que os duas formas de conhecer a Deus, o culto e a Escola Bíblica, dentro dos seus métodos de ação, são necessários para o crescimento cristão.
Um grande abraço e que Deus te ilumine na nossa Classe de Adolescentes.

Paz!

Celson Coêlho

EBQRECIFE disse...

Olá Jane,

Obrigado por contribuir com nosso diálogo mais uma vez.
No grupo pequeno (ou seja, a classe em comparação com a igreja com um todo) se torna mais fácil a troca de informações/experiências que sejam útil para o crescimento mútuo. Também é possível conhecer melhor os nossos irmãos. Essas ferramentas, quando usadas adequadamente, são de grande valia para nossa edificação. A Escola Bíblica possibilita esse momento.
Que a bênção de Deus esteja sobre vocês que fazem parte da nossa classe de senhoras.

Paz!

Celson Coêlho

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho