domingo, 8 de junho de 2008

RAZÕES POR QUE AINDA ACREDITO NA ESCOLA BÍBLICA

*Por Celson Coêlho

Depois desses dias de enquete em nossa página, também recai sobre mim a necessidade de expressar por que ainda acredito na Escola Bíblica.
Durante esses aproximados 10 anos de trabalho com Escola Bíblica (professor de adolescentes, jovens, vice-diretor, diretor local e diretor estadual), frequentemente tento revisitar as minhas razões por que ainda acredito em Escola Bíblica. Não tenho me arrependido, por isso continuo...


  1. ACREDITO na Escola Bíblica, pois o método de ensino da Palavra proposto por sua estrutura tem permeado toda história do povo de Deus. Desde primeiro casal, quando foi orientado em diálogo direto com o próprio Deus. Passando pelo povo de Israel, tanto na época de Moisés (Dt 6.1-9), como entre os profetas que tinham como atividade principal revelar a vontade do Senhor ao povo. Assim também foi com o advento de Cristo, ele afirmou em Mc 14:49 que ensinava constantemente. Essa prática também foi seguida pela Primeira Igreja, não cessavam de ensinar a Cristo (At 5.42). Na igreja pós apostólica encontramos essa forma de propagar a Palavra da Salvação. A Reforma Protestante (1500 d.C.) nasceu exatamente do estudo detalhado da Bíblia e uma de suas bandeiras era o estudo da Bíblia (Sola Scriptura) ao alcance de todos. No período de avivamentos do século 18 também temos evidenciado um apego pelo estudo das Escrituras.
  2. ACREDITO na Escola Bíblica, pois o método de interação na explanação da Palavra foi um dos fatores que contribuíram para um crescimento quantitativo e qualitativo da Igreja Primitiva. Lemos em Mc 12.35 que enquanto Jesus ensinava, ele perguntava a seus ouvintes. Jesus pregava a grandes multidões, mas também falava a grupos pequenos e procurava interagir por meio de perguntas e usando parábolas com significado direto para seus ouvintes. Foi através dessa possibilidade de questionamento que Estevão demonstrava a sabedoria do Espírito. At 9.6 diz que os ouvintes “discutiam” (questionava, examinava junto) com aquele que explanava a Palavra. Os crentes de Beréia eram considerados de mente mais nobre “pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim” (At 17.11).
  3. ACREDITO na Escola Bíblica, pois a prática do ensino faz parte dos dons/ministérios concedidos por Deus a Igreja (Rm 12.3-8 e Ef 4.7-12). E, em sua totalidade, eles são necessários para o verdadeiro crescimento do Corpo. Essa utilidade no exercício dos dons/ministérios fica claro no texto de Ef 4.12,13 e 14 “com vistas [com o objetivo] ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro.”
  4. ACREDITO na Escola Bíblica, pois na Grande Comissão ordenada por Cristo a Igreja em Mt 28.19,20 entendo que o “fazer discípulos” é possível com a concretização de três outros passos: “IR”, “BATIZAR” e “ENSINAR”. Realizaremos a Grande Comissão do Mestre ao ENSINAR a sua Palavra. Fazendo assim temos a certeza que Ele estará conosco “todos os dias até a consumação dos séculos” (Mt 28.20).
  5. ACREDITO na Escola Bíblica, pois a história recente da Igreja (os últimos duzentos anos) revela que o departamento criado por Robert Raikes, em 1870, a Escola Bíblica, se demonstrou como a melhor e mais eficaz forma de fortalecimento da igreja. Nas últimas duas décadas da Igreja falou-se muito sobre forma de crescimento da igreja (igreja em célula, multiministério, rede ministerial, igreja dirigida por propósitos, etc). Porém, nenhuma das estratégias propostas alcançou o mesmo êxito que a Escola Bíblica para um crescimento quantitativo e qualitativo da Igreja. A Escola Bíblica conseguiu o que a maioria desses métodos não alcançou: ser eficaz por muito tempo e ser útil em quase todas as realidades das igrejas.
  6. ACREDITO na Escola Bíblica, pois ela é o maior e melhor celeiro para surgimento de cooperadores para a Obra do Senhor. Muitos pastores, pastoras, missionários, líderes de jovens, professores de seminários, líderes da Obra de Deus deram seus primeiros passos na Escola Bíblica. Nela temos a possibilidade de trabalhar o surgimento de uma nova geração de líderes. As aulas possibilitam a exposição de novos cooperadores a um público menor, facilitando o acompanhamento e orientação.

    Aqui estão as minhas razões.
    Revise as suas... Pondere as suas conclusões.
    A Escola Bíblica está diante de você...
    Parafraseando Paulo: “Examine-a, pois!”
    A sua posição com relação a ela pode fazer muita diferença.

    Celson Coêlho
    Diretor DEBQ-PE
    Editor do Blog

(Reprodução autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o blog: www.ebqrecife.blogspot.com)

2 comentários:

Cleonice disse...

Paz pastor,sou Cleonice souza da IEQ de Campo Grande MS. Prª da classe de adulto,tenho aprendido com suas postagens.

que Deus continue te dando grandes conhecimentos sobre ensino na DEBQ,pois sempre visito este blog.

EBQRECIFE disse...

Olá Cleonice, PAZ!
Agradeço a Deus pela graça concedida ao compartilhar alguns textos e algumas ideias. Fico feliz por saber que estou abençoando pessoas como você, que lidam com o ensino na igreja.
Obrigado por sua visita e participação no blog.
Volte sempre e, se possível, divulgue o Blog para que outros possam interagir.
Conto com suas orações.
Ótimas aulas na EBQ em Campo Grande!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho