terça-feira, 5 de outubro de 2010

BANCADA EVANGÉLICA ENCOLHE EM BRASÍLIA


A Bancada Evangélica na Câmara Federal diminui diz VEJA.COM, passou de 40 para 36 deputados na eleição de 2010. Esta diminuição é inversamente proporcional ao crescimento de evangélicos no país. Como senador: no Rio de Janeiro tem o Marcelo Crivela, 2º lugar com 3.332.886 votos (22,66%); no Espírito Santo, Magno Malta, 2º lugar com 1.285.177 votos (36,76%).

Veja abaixo alguns nomes de deputados, os representantes da IEQ estão em negrito:

São Paulo:
Marco Feliciano (12º mais votado), Paulo Freire (24º mais votado), missionário José Olimpo (26º mais votado), Jeferson Campos (50º, com 116.317), Newton Lima (55º mais votado), Marcelo Aguiar (57º mais votado, apoiado por de Estevam Hernandes, da Igreja Renascer), Antonio Bulhões, Edinho Araújo, Vaz de Lima e Otoniel Lima.

Rio de Janeiro:
Garotinho (1º); Vitor Paulo (4º), Eduardo Cunha (5º), Arolde de Oliveira (13º), Filipe Pereira (14º), Benedita da Silva (30º), Washington Reis (9º)), Liliam Sá (43º).

Minas Gerais: Mário de Oliveira (35º, com 100.811 votos)

Espírito Santo: Lauriete (8º)

Distrito Federal: Ronaldo Fonseca (7º)

Goiás: João Campos (7º)

Pará: Zequinha Marinho (7º), Josué Bengston (12º, com 112.212 votos)

Pernambuco: Pastor Francisco Eurico (5º)

Paraná: Takayama (14º), André Zacharow (20º)

Amazonas: Silas Câmara (4º)

Sergipe: Pastor Heleno (6º)

Rondônia: Nilton Capixaba (3º), Lindomar Garçon (6º, 34.990 votos)

Bahia: Marcio Marinho (7º).
Fontes:
Folha.com
Veja.abril.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho