domingo, 30 de janeiro de 2011

QUANDO A CHUVA VEM...

*Por Celson Coêlho
A chuva é necessária!
Ela irriga a terra, provendo boas colheitas. Enche as barragens, possibilitando o fornecimento de água as nossas residências. O problema é quando a chuva vem em excesso e não estamos preparados.
Chuva em excesso e falta de preparação é transtorno certo. Talvez até destruição. As notícias recentes do estado do Rio de Janeiro nos mostram isso. Milhares desabrigados, centenas mortos. Várias construções destruídas. Aqui no estado de Pernambuco, no ano passado (2010), também tivemos semelhante ruína.
Você está preparado para enfrentar a chuva?

Deixe-me transferir o alerta da chuva para nossas vidas pessoas. Ao enfrentarmos as situações do dia a dia, a chuva pode ser usada como símbolo de coisas que nos acontecem. Chuva excessiva, ventos soprando, tempestades, são comparadas a situações difíceis que temos que passar.
Quando enfrentemos essas tempestades da vida, ficamos em pé ou temos nossas vidas destruídas? Em ruínas?
Em termos de nos ensinar através de figuras (exemplos práticos) Jesus foi um grande mestre. Ele trazia com clareza ensinamentos a partir de situações do dia a dia.

No evangelho de Mateus, capítulo 7, do verso 24 ao 27, ele nos revela grandes verdades sobre as “tempestades” que precisamos enfrentar na vida.
Jesus ensina que “caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto” contra dois tipos diferentes de casas. A primeira casa “não caiu porque foi bem construída.” A outra, “desabou, sendo grande sua ruína.”
Sabe qual a diferença dessas duas casas? Onde elas foram construídas!
A que se manteve construída, mesmo com a tempestade, obteve firmeza, pois foi construída sobre uma rocha. Por outro lado, a que ficou em ruínas foi construída sobre a areia.

As casas simbolizam nossas vidas. As tempestades, os problemas da vida. Todos têm que enfrentar. A rocha simboliza a Palavra de Deus, a Bíblia. Ao conhecermos e praticarmos as orientações de Deus, contidas na Bíblia, seremos semelhantes a casas bem construídas sobre uma rocha. As “tempestades” da vida não sumirão. Contudo, continuaremos firmes, sobre a rocha.
Sábio é aquele que aprende com as lições que a vida concede. Tiremos ensinamentos com os problemas gerados pelas tempestades em nossos dias. Não deixe sua vida (casa) ficar em ruínas com os problemas (tempestades) da vida.

Quer uma vida firme mesmo diante das “tempestades” do dia a dia?
Construa sua vida conforme a orientações de Deus contidas na Bíblia!

*Celson Coêlho
(Escrito originalmente para o site: http://www.barraconobairro.vitrinerecife.com/, em 21/01/2011)

OUTROS TEXTOS MEUS NO MESMO SITE:
"O TEMPO NÃO PARA... (e o povo não muda)" >> Clique AQUI
"NOVA OPÇÃO PARA MORRER BEM EM PERNAMBUCO" >> Clique AQUI

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho