sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

VOCÊ OUVIU O GALO CANTAR?



“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” Salmos 30:5

“Bendito seja aquele que deu inteligência ao galo, para distinguir o dia da noite” Sidur (livro de orações judaica)

*Por Celson Coêlho

Sou natural da terra que dizem ter o maior bloco carnavalesco de rua do mundo, o Galo da Madrugada. Amanhã é seu dia, sábado de carnaval. Mas não é desse galo que desejo falar...

Quero falar com você sobre o galo na cultura judaica. Com ênfase na liturgia.

O termo galo não ocorre no Antigo Testamento. No Novo, surge naquelas passagens sobre a negação de Jesus por Pedro (Mt 26.34; Mc 14.30; Lc 22.34; Jo 13.38) e em Marcos 13.35. Nestas ocasiões, temos referências ao “cantar do galo”.

A expressão “cantar do galo”, ou similares, tomou outro significado além da literal indicação do canto de uma ave. “Cantar do galo” virou referencial de uma das divisões da noite para os judeus. Antes do domínio romano, os judeus dividiam a noite em três vigílias (Sl 63.6 – “vigílias da noite”):
  • Do pôr do sol (18h) a meia noite;
  • Da meia noite ao “cantar do galo” (3h); e
  • Do “cantar do galo” ao amanhecer.
Após o domínio romano, a noite passou a ser dividida em quatro vigílias: “Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã.” (Mc 13.35) Mas ainda encontramos o “cantar do galo” como referência.

Comentando João 13.38, HULL nos esclarece: “O ‘cantar do galo’ era o nome dado a terceira vigília da noite (12h às 3h da madrugada). Jesus predisse, então, que a lealdade de Pedro não duraria até a manhã seguinte.” (pg. 384)

Temos a noite, quase senso comum, como metáfora de dificuldades. A noite é sinônimo de escuridão, solidão e sofrimento. A Bíblia faz uso dessa analogia: “... terror noturno” (Sl 91.5); “... a noite vem, quando ninguém pode trabalhar” (Jo 9.4b); “... porque, nela [na Nova Jerusalém], não haverá noite” (Ap 21.25).

Contrário à noite, temos o amanhecer como metáfora de bons tempos. São opostos por si. Nas analogias também: “Deus a ajudará, já ao romper da manhã.” (Sl 46.5b); “Sacia-nos de manhã com a tua benignidade.” (Sl 90.14).

Neste ponto recorremos à liturgia judaica como ilustração. No Sidur, livro de orações dos judeus, uma das orações exaltam a Deus pela “inteligência” que concedeu ao galo: “Bendito seja aquele que deu inteligência ao galo, para distinguir o dia da noite”. Está é uma oração para ser feita ao acordar, pela manhã. Expressa a gratidão por deixar a noite e voltar-se para o dia (a vida). Mas qual a inteligência do galo?

O canto dessa ave serve como referencial para o dia que surgirá. Para um novo amanhã. O “relógio funcional” do galo diz para ele que a noite está próxima de findar, mesmo sem ver a luz do dia. Aqui está a valorização do “canto do galo” na liturgia judaica: ele celebra a chegada do dia antes da noite findar. Ele sabe “distinguir o dia da noite” sem ver o dia.

O salmista Davi nos alerta:
O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” Sl 30.5

Servir a Deus não é sinônimo de não ter problemas. As intempéries da vida surgirão, mas temos uma certeza: a noite terá fim! Deus nos garante que a luz da manhã nos trará alegria. A escuridão, a solidão ou o sofrimento, por mais cruel que seja, terá fim.

Salmos 30 expressa a certeza do livramento do Senhor e a gratidão por isso:

"Exaltar-te-ei, ó SENHOR, porque tu me exaltaste; e não fizeste com que meus inimigos se alegrassem sobre mim.
SENHOR meu Deus, clamei a ti, e tu me saraste.
SENHOR, fizeste subir a minha alma da sepultura; conservaste-me a vida para que não descesse ao abismo.
Cantai ao SENHOR, vós que sois seus santos, e celebrai a memória da sua santidade.
Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.
Eu dizia na minha prosperidade: Não vacilarei jamais.
Tu, SENHOR, pelo teu favor fizeste forte a minha montanha; tu encobriste o teu rosto, e fiquei perturbado.
A ti, SENHOR, clamei, e ao Senhor supliquei.
Que proveito há no meu sangue, quando desço à cova? Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade?
Ouve, SENHOR, e tem piedade de mim, SENHOR; sê o meu auxílio.
Tornaste o meu pranto em folguedo; desataste o meu pano de saco, e me cingiste de alegria,
Para que a minha glória a ti cante louvores, e não se cale. SENHOR, meu Deus, eu te louvarei para sempre."
(Sl 30.1-12; sublinhado meu)

Jó confiou no Senhor no auge do seu sofrimento:

Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.” Jó 19.25

Por que está abatida a tua alma, e por que te perturbas dentro de ti? Espera em Deus, pois ainda o louvarás, o qual é a salvação da tua face, e o teu Deus. (Sl 42.11 – adaptado para segunda pessoa)


CONSULTAS:
CALENDÁRIOS JUDAICOS: http://www.ufrgs.br/museudetopografia/Artigos/CALEND%C3%81RIOS_JUDAICOS_3.pdf, acesso em 17/02/12 às 16:15h

Estudo Bíblico sobre Noite: http://bibliotecabiblica.blogspot.com/2009/07/estudo-biblico-noite.html, acesso em 17/02/12 às 15:30h

SIDUR: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sidur, acesso em 17/02/12 às 16:50h

HULL, William E. Comentário Bíblico Broadamn (João). Rio de Janeiro: JUERP, 1983.


Celson Coêlho
Editor do Blog
ebqrecife@hotmail.com
Twitter: @celson_coelho

10 comentários:

Emerson disse...

Muito bom o texto, Celso! Parabéns.

EBQRECIFE disse...

Olá Emerson, PAZ!
Agradeço por sua visita e comentário.
Conto com sua oração.

Celson Coêlho
Editor do Blog

Alexandre Pitante disse...

Paz do Senhor,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.

Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

EBQRECIFE disse...

Olá Alexandre, PAZ!
Obrigado pela visita e pelas palavras.
Visitei seu blog e também estou seguindo. Abraços!
Conto com suas orações.

Celson Coêlho
Editor do Blog

Pr. Deyvson Nunes disse...

Grande Celso,

Show que o Senhor te capacite ainda mais.

EBQRECIFE disse...

Olá Pr. Deyvson, PAZ!
Agradeço pela sua visita e participação.
Também peço a Deus, a cada dia, que Ele conceda graça para glorificar Seu nome.
Deus abençoe teu ministério na IEQ Guabiraba e a tua família.
Conto com suas orações.

Celson Coêlho
editor do Blog

Bruder Klein disse...

A Paz.

A força e o sustento que encontramos nas palavras das escrituras sagradas são indizíveis. Conforto, ensino e apoio nos leva a continuar em meio a tantas lutas e adversidades. Louvado seja nosso Deus por seu cuidado para conosco. Ele está sempre a postos para nos socorrer e amparar.
Excelente texto.
Abraços

EBQRECIFE disse...

Olá Bruder Klein, PAZ!
"Continuar" é a palavra certa em meio das dificuldades. Este "continuar" é possível, de forma esperançosa, sob o cuidado do Senhor. Que Ele ponha em nossos corações, através da Sua palavra, a inteligência de distinguirmos o dia da noite.
Obrigado por sua visita e participação.
Conto com suas orações.

Celson Coêlho
Editor do Blog

Anônimo disse...

Parabens Pr. Celson, pelo seu blog e por suas postagens que nos edificam no conhecimento e na graça.

Pr. Carlos - Ieq/Pr.

Celson Coêlho disse...

Olá Pr. Carlos, PAZ!
Agradeço por sua visita e comentário.Que a graça e o conhecimento sejam desejos contínuos em nossa vida cristã.
Que Deus abençoe sua vida, família e ministério.
Conto com suas orações e divulgação do Blog.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho