sábado, 8 de dezembro de 2012

CUIDADO COM A LEITURA DA BÍBLIA

*Por Celson Coêlho 
A leitura da Bíblia tem que ser cuidadosa. Sugiro, não apenas eu, mas os grandes biblicistas e pregadores, que seja uma leitura livro por livro. Leia um livro completo, do 1º ao último versículo. Não podendo fazer em uma única vez, volte na próxima leitura para a passagem onde parou. (Dia após dia)
Faça essa leitura sempre em oração e na expectativa de ser orientado por Deus.
Mesmo com esses cuidados, algumas passagens parecem desnecessárias no registro bíblico. São maçantes.
Em minha leitura devocional, finalizei o livro de Josué. Do capítulo 15 ao 21, encontrei um desses trechos que, a primeira vista, se fossem retirados da Bíblia não fariam diferença.
Aqui nos cabe outro cuidado. Primeiro devemos lembrar que os livros sagrados tiveram destinatários originais que não foram nós. Qual o significado desse registro bíblico para seus leitores originais? Essa pergunta é fundamental para uma boa interpretação da Bíblia. Mesmo não sendo de fácil resposta. Lógico que, devido à autoria divina e sua inspiração, o texto bíblico é palavra do Senhor para todas as gerações.
Outro cuidado proveitoso: quando encontramos tais trechos, devemos perceber quais conclusões esclarecedoras o contexto daquela passagem nos revela.
No exemplo citado por mim, Josué capítulo 15 ao 21, os versículos finais do capítulo 21 nos revelam o porquê dos relatos “detalhados” da divisão de posses da terra:
Desta maneira deu o SENHOR a Israel toda a terra que jurara dar a seus pais; e a possuíram e habitaram nela.
E o SENHOR lhes deu repouso de todos os lados, conforme a tudo quanto jurara a seus pais; e nenhum de todos os seus inimigos pode resisti-los; todos os seus inimigos o SENHOR entregou-lhes nas mãos.
Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o SENHOR falou à casa de Israel; tudo se cumpriu.” (Js 21.43-45)

Fica claro que o objetivo desse relato detalhado e um pouco “maçante” é confirmar o cumprimento da promessa divina nos mínimos detalhes: “tudo se cumpriu” (v. 45)
Deus é fiel e sua palavra não é vã!

Mesmo que a leitura pareça um pouco difícil em determinados momentos, continue, pois o Senhor nos diz: “Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.” João 15.3

Celson Coêlho
Editor do Blog

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante.
Porém, comentários ANÔNIMOS não serão publicados.
Celson Coêlho