sábado, 22 de março de 2014

VENCIDO PELAS CIRCUNSTÂNCIAS


A vida é uma luta diária.
Tarefas e problemas se impõem continuamente. Tentam nos abater e levar-nos por caminhos maus. Somos tentados a seguir o caminho de Saul.
Este, não devendo realizar sacrifícios, pois não era sacerdote, declarou: “forçado pelas circunstâncias, ofereci holocaustos” (1Samuel 13.12).
Ele desobedeceu a Deus e disse que foi vencido pelas circunstâncias.
NÃO permita essa derrota em sua vida.
Mantenha disciplina em sua vida cristã. Ore. Leia a Bíblia. Pratique o jejum. Vá aos cultos.
Estas tarefas fortalecerão sua intimidade com Deus e possibilitará firmeza na caminhada.
Que Deus nos abençoe.

Celson Coêlho
Editor do Blog
.

sábado, 8 de março de 2014

OS ÓCULOS PARA LIDERANÇA


* Por Celson Coêlho
Por esses dias ocorreu um pequeno acidente com meus óculos escuros. Ao manusear uma cola adesiva que estava dura, por tanto apertá-la, um pouco da cola espirrou numa das lentes. A mancha dificultou o uso dos óculos. A lente danificada distorcia as imagens. As paisagens não eram mais as mesmas.
Os conceitos que temos sobre determinado assunto são verdadeiros óculos. Vemos a partir dos pressupostos que temos. Se os conceitos são equivocados, o entendimento sobre aquele assunto ficará deturpado. Consequentimente, nossas atitudes também serão prejudicadas.
Na Bíblia encontramos várias diretrizes de como exercer a liderança cristã. Porém, acredito que o princípio bíblico básico para entender liderança cristã vem dessa declaração de Jesus:        
“Então, Jesus, chamando-os, disse: Sabeis que os governadores dos povos os dominam e que os maiorais exercem autoridade sobre eles. Não é assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva; e quem quiser ser o primeiro entre vós será vosso servo; tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”(Mt 20.25-28)
Os óculos bíblicos para entender o exercício da liderança cristã estão nesse texto. Todo nosso pressuposto sobre liderança deve começar por essa verdade ensinada pelo Mestre.
Destacamos três verdades nesse texto:
1) Os que lideram pelo “domínio” são os governadores dos povos. Ou seja, aqueles que não têm os preceitos divinos como orientadores para sua liderança (v. 25);
2) “Não é assim entre vós”. Aqueles que seguem as orientações de Jesus não podem fazer dessa forma (v. 26); e
3) Então como devemos fazer? Nosso exercício de liderança deve ser igual ao de Jesus: “tal como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate de muitos” (v. 28).
Algumas vezes nossos óculos podem estar sujos. Cabe a nós submetermos a autoridade das Escrituras para que nossas lentes sejam limpas. Lentes limpas geram entendimento limpo. Este conduz a liderança cristã saudável.
* Celson Coêlho
Editor do Blog